Para refletir…

 

Bom dia,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Que o dia de hoje seja maravilhoso e supere suas expectativas.

foto 1 (1)

Medicações da manhã

Todos os dias acordo às 6 hrs e tomo todas essas medicações, as vezes fico chateada pensando que isso não deveria ocorrer com ninguém, principalmente aos 26 anos de idade. Mas o que adianta lamentar por aquilo que a gente tem q enfrentar, me encho de fôlego, faço uma oração de agradecimento a Deus pela minha vida e por eu ter um tratamento, vou a luta. Pq aprendi que ” a dor e inevitável mas o sofrimento e opcional”. Com Deus td fica mais leve! Se hj vc acordou desanimado, força na peruca pq o melhor de Deus sempre estar por vir. Apesar de td q está acontecendo tenho mt mais motivo pra agradecer que reclamar. Se vc está sofrendo por algo q vc não tem como mudar, mude seu ponto de visão e amplie seus horizontes, e o principal tenha fé. A vida é um eterno aprendizado!!!

Evitei comentar sobre esse assunto aqui até que eu sentisse que estava pronta, há uma semana retornei ao endocrinologista apesar de parecer tudo bem pra quem não convivia comigo, não estava nada bem porque ainda estava sem comer praticamente nada, dependendo de muita medicação para enjôo, muita dor abdominal,  tendo episódios de lipotimia, nauseada e apesar de não deixar desanimar estava me sentindo muito fraca. Fiz alguns exames de sangue e o resultado de tudo isso foi que descobri que a dose do corticóide precisava ser aumentada (ainda mais). Inicialmente, meu teto caiu, sei que aumentar o corticóide significa passar mais tempo com ele e sob o risco de todos os efeitos colaterais. Recebi uma carta também que tem que andar dentro do meu carro, na bolsa, com meus familiares atentando pro fato da condição que estou. Senti como se estivessem me rotulando e como se tivesse perdendo ainda mais minha liberdade.

Carta do endocrinologista que anda comigo.

Carta do endocrinologista que anda comigo.

Recebi uma lista de exames novos a fazer. Tudo isso parecia terrível e eu só conseguia pensar que aumentar a dose e por mais tempo poderia me fazer fraquejar e desanimar. Por outro lado, ele foi me dizendo que com a dose mais alta eu ia melhorar muito ( na verdade antes mesmo da consulta ele já havia aumentado, a consulta só formalizou isso, e realmente melhorei muitoooo) e que deveria fazer atividades físicas leves, 3x na semana e depois diariamente, que deveria procurar uma nutricionista (já tinha mas agora irei numa ainda melhor, vou passar as dicas assim que for nela), mudar meus hábitos alimentares e viver da forma mais saudável que pudesse para lutar contra todos os efeitos indejáveis que o corticóide pode causar. Eis ai, a minha mudança de ponto de vista. Comecei a pensar que sempre mantive uma vida de exercícios e uma alimentação boa mas deixava o trabalho me sugar. Agora, acabo de receber um novo desafio mais que interessante, usar o que está acontecendo para me tornar uma pessoa realmente com hábitos saudáveis e ai o corticóide um dia vai embora mas essa nova rotina e novo jeito de levar a vida irão ficar. E quando voltar a trabalhar vou saber adaptar esses novos hábitos a rotina normal. Isso agora está me motivando. Quero tentar provar que apesar dos obstáculos é possível extrair o melhor das situações e aprender com elas.

Quero agradecer a todos que tem escrito me contando suas histórias, dividindo sua luta , me dando força, orando por mim. Recebo várias mensagens de pessoas que compartilham de situações semelhantes mas que estavam desmotivadas e de alguma forma tenho feito acreditarem que é possível tirar o que é bom disso tudo, e mudar a forma de ver as situações de crise. Existem muitas pessoas acreditando que vou vencer essa luta, e sairei melhor do que o início e isso só me dá mais garantia que é só um teste de resistência, tenho que controlar a ansiedade e ter muita paciência. Meu e-mail é catarinaaragon@hotmail.com, para as pessoas que muitas vezes não querem expor aqui e perguntam meu contato.

O nome da minha força e resiliência, se chama fé em Deus. A primeira vez que passei por situação semelhante quase enlouqueci, fiquei deprimida, queria me esconder do mundo. Mas com Deus somos mais que vencedores. E dessa vez tudo tem sido diferente.

Espero que essa reflexão traga alegria para você hoje e seja qual situação você esteja vivendo você busque aprender e se tornar uma pessoa melhor. Pois, “as batalhas mais duras estão reservadas para os guerreiros mais fortes”.

foto 4 (1)

Salmo 126

Quando o Senhor trouxe os cativos de volta a Sião, estávamos como os que sonham.
Então a nossa boca encheu-se de riso, e a nossa língua de cantos de alegria. Até nas outras nações se dizia: “O Senhor fez coisas grandiosas por este povo”.
Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres.
Senhor, restaura-nos, assim como enches o leito dos ribeiros no deserto.
Aqueles que semeiam com lágrimas, com alegria colherão.
Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes.

Beijos

 

 

12 pensamentos sobre “Para refletir…

  1. Só te conheço de nome e de redes sociais, apesar de já termos passado pelos mesmos corredores da Faculdade de Medicina da UFRJ e, na pressa, eu nunca tenha te visto ou reconhecido. Escrevo para contar que sei muito bem o que significa ficar com os planos de uma vida paralisados por causa de distúrbios hormonais. Não tem sido outra a minha sina, e a lentidão com que ainda mantenho os estudos e a passagem de um período para o seguinte é quase toda devida a este motivo. Procuro, a fim de não tombar no desânimo, também escrever e compartilhar. Eu sei que todos temos muitos momentos de testes das nossas reservas morais, mas não pensei jamais que alguém tão próxima na mesma universidade e no mesmo curso estaria passando algo parecido. Então direi a você o que muitos amigos e professores já me disseram: um dia, por mais que hoje nos culpemos por não estudar mais a fundo a teoria da medicina, ou sua prática científica; um dia entenderemos que nossos problemas de saúde nos ensinaram aquilo que a faculdade não nos pode passar: a enxergar o doente com humanidade, porque já estivemos no lugar dele. Vamos pensar que a vida nos escolheu e nos matriculou, à força, numa residência onde aprenderemos a disciplina da compaixão, do amor pelo próximo. Quanto melhor entendermos o ensinamento, mais rápida será nossa volta ao rumo que deixamos “em estado de espera”… rsrs…

    Curtir

    • Vladimir, sem dúvida as experiências que vivemos nos diferenciam na escola da vida. É um aprendizado diário e constante. Mas só as pessoas fortes e perseverantes conseguem passar por problemas assim e não perder o sorriso no olhar e o amor ao próximo. A vida é aprendizado e eu apesar de toda luta me sinto grata por poder aprender certos valores tão nova. Não desanime porque tenho certeza que a vitória é só questão de tempo.
      Beijos e sempre que precisar apareça para contar suas lutas e vitórias ou seja para desabafar.
      Seja bem-vindo!!!!

      Curtir

  2. Catarina, já falei, mas repito, sou teu bucha! Estou te acompanhando aqui também. Embora seja um cara por várias vezes extrovertido, como todo mundo, carrego meus problemas (muitas vezes mais pesados do que as pessoas enxergam). Ao ler exemplos, ainda mais tão próximos, de pessoas como você, sinto-me inspirado a resistir e “trocar porrada com o mundo”. Dia desses eu li, em pouco tempo, uma mesma mensagem, “por acaso”, que é um ditado repetido pelas Marinhas de vários países:

    “Mar calmo nunca fez bom marinheiro.”

    Só é forte quem faz força, e é assim que vamos nos fortalecendo.

    Beijo grande para você e pro Marcão!

    Curtir

    • Aragão,

      Meu companheiro de navio, como sempre suas palavras só me trazem mais força. Nascemos para brigar pela nossa felicidade, temos personalidades bem parecidas, pensamentos bem próximos e até o nosso nome sugere que viemos de algum lugar comum um dia… Vc é um irmão para a gente e quando penso em alguém forte, lembro de vc meu irmão. Gosto de gente forte, que tem dor mas nega sofrimento, que tem problema de verdade mas se nega ser coitado, que mesmo com motivos pra se descabelar consegue motivo pra sorrir. Nascemos para trocar com o mundo, como vc disse é o mar brabo que faz bom marinheiro, e ainda que as vezes nossa guarda abaixe e tomemos um soco na cara , isso só nos faz ter mais vontade de partir para cima. Conta comigo, hoje e sempre!!!
      Beijos

      Curtir

  3. Amiga, que post mais lindo e motivante. Admiro demais sua força e sua alegria imbatível. Você é um exemplo para mim e com certeza para muitas pessoas. Tenho certeza de que você vai vencer mais essa fase em sua vida e torço muito para que tudo isso seja logo um passado distante, que tenha deixado como única marca os aprendizados de uma época difícil. Amo vc, apesar de estarmos distantes. Prometo visita em breve. Um beijão!!!

    Curtir

Obrigada por participar

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s