“Mas é claro que o sol vai voltar amanhã…”

Olá pessoal!

Estou um pouco sumida,né?! Essa foi uma daquelas semanas difíceis, em que a fé é a base fundamental para crer que apesar das adversidades e portanto, do que se podia ver , as coisas terminariam de outra maneira, do melhor jeito possível, pois sei em quem tenho crido e tenho experimentado diariamente a provisão de Deus. Já passei por muita coisa, como diz minha psicóloga a idade é de jovem mas a experiência de uma mulher madura, e nessa jornada não foram poucas as situações em que me vi perdida, em que não tinha uma orientação, em que a felicidade parecia correr pelo ralo mas de forma surpreendente eu ia me erguendo, vendo os caminhos, achando água no deserto e fazendo de Deus a minha força e posso dizer que tenho experimentado a graça e o favor do Senhor.

Em crise, na madrugada

Em crise, na madrugada, foto do SnapChat

Fazia meses que não parava na emergência, até domingo passado. Eu estava feliz que voltei as atividades cotidianas como dirigir, me exercitar e estava indo tudo de vento em poupa .Esses últimos dias realmente foram muito cheios e intensos. Acho que a maioria daqui sabe, mas tenho diagnóstico de Asma Brônquica desde a infância (para entender minha história entre em Minha história ), e há alguns meses voltei a ter episódios leves de asma, e na ultima sexta-feira tive uma crise grave de asma. Melhorei naquele dia, mas continuei tendo crises de asma durante o final de semana, até uma crise grave no último domingo à noite, quando precisei ir à emergência do hospital da Unimed Rio aqui na Barra. Recebi alta no mesmo dia, bem melhor.

Na Unimed Barra

Na Unimed Barra

Desde sexta, minha pneumologista Dra. Roberta Fittipladi aumentou os remédios para asma (otimizou minha medicações), estou usando todas as classes de medicações para asma, inclusive nesse primeiro momento dose alta de corticóide novamente, estou fazendo fisioterapia respiratória, já fui à Pneumo e ao Otorrinolaringologista, e estou respondendo muito bem as medicações. Estou um pouco cansada com essa maratona, mas a Alegria do Senhor é a minha força. Mas logo esse vendaval passa e a calmaria volta, tenho certeza.

Fotos no BIPAP, na fisio respiratória

Fotos no BIPAP, na fisio respiratória

Deus tem sido maravilhoso conosco e cremos que “Fiel foi aquele que prometeu”. Logo,logo, terei mais tempo para voltar a postar por aqui, no insta e youtube.

O que está acontecendo agora, estou medicada e fazendo fisioterapia e de repouso de atividades físicas para estabilizar o quadro para voltar a ficar muito bem como antes!!! Fiquem tranquilos é uma breve fase…

Com as crises havia ficado bem cansada inicialmente, estou bem, mas aproveitei para descansar. Qualquer dúvida ou pergunta é só deixar em comentários que terei a alegria de responde-los. Continuo alegre e confiante!!!

Beijinhos,

C.

Um anjo em minha vida

Olá pessoal,

IMG_4772

Hoje queria fazer um agradecimento especial alguém a quem devo muito mais que o meu obrigada, respeito ou admiração. Qualquer palavra ou sentimento não expressaria tudo que Dra.Mônica Manela Azulay tem feito por mim. Aspirava ser dermatologista, mas por um tempo, mudei radicalmente minha escolha. Tinha um problema em particular, tinha o desejo de viver para curar e ser enviada de Deus pra devolver a vida aos meus pacientes, e achei que com a dermatologia não conseguiria isso.Como mudei de idéia…

Não foram poucos os enviados de Deus para me devolver a vida, falo de todos os anjos, como vocês meus leitores que sempre me apoiaram até hoje, médicos que cuidaram de mim. Sim, devolver a vida teve uma ressignificação, aprendi formas diferentes de devolver a vida a alguém . E foi com minha dermatologista, antes professora querida, hoje grande amiga, que me ajudou a enfrentar e vencer as cicatrizes da guerra, que vi como a dermatologia pode sim dar vida a pessoas com questões clínicas importantes. Não me vejam mal, esse era o ponto de vista de uma menina que sabia pouco sobre o real significado de VIDA.Essas cicatrizes da guerra,como chamo, são efeitos colaterais na pele de medicações que usei e ainda uso. Eram grandes marcas que conviviam comigo diariamente e me lembravam o que aconteceu, o tamanho da luta e também o tamanho da vitória. Mas, era algo que me incomodava muito. Afinal, era mais um aspecto da vida que esse turbulento momento me trouxe.

Eu e ela, no congressoem que presidiu o congresso

Eu e ela, no congressoem que presidiu o congresso

 

Quando cheguei no consultório da Dra.Mônica Azulay, eu usava altíssimas doses de corticóide. Sendo assim, dependia de mais do que alguém que soubesse do conteúdo estético. Eu encontrei  nela acolhimento e cuidado, além de muita segurança pois ela é uma dermatologista completa, nação se detém a pele mas domina o contexto clínico de cada paciente, ela é capaz de conciliar questões clínicas, dermatológicos, incluindo tratamento estético. Isso tem feito do meu tratamento um sucesso. Ela só realizou aquilo que era seguro na minha situação, me garantindo efeitos maravilhosos sem efeitos colaterais, como paniculites, por exemplo.

Hoje, visualizo que apesar de muitos médicos me dizerem que muitas coisas seriam irreversíveis nessas questões dermatológicas, ela sempre me garantiu certeza da vitória. Dizia: – Quanto a parte dermatológica, confie em mim!

A doce professora Mônica foi uma verdadeira enviada de Deus, um anjo. Estou cada dia melhor, As marcas cada vez menos aparentes, eu cada dia mais feliz e confiante.

Tenho professores de dermatologia muito queridos, como o marido dela Dr.Davi Azulay e como doutora Kátia Gomes que sempre incentivou e investiu em mim. Realizei cinco anos de projeto de iniciação científica extensão na faculdade com ela, sobre hanseníase na área de dermatologia e atenção primária. Serei eternamente grata aos ensinamentos, carinho e anos de convivência. Uma grande inspiração pra mim, a primeira. Fui Presidente da Liga de Dermatologia da UFRJ.

No entanto, foi minha experiência como paciente que me fez decidir fazer dermatologia. Meus olhos brilham quando penso que poderei fazer o que a Dra.Mônica fez por mim,devolver auto-estima,saúde e, portanto, vida aos meus pacientes.

Professora Mônica Manela Azulay,  essa é uma homenagem a você! Sempre linda, doce, atenciosa, educada, uma mulher e profissional de se admirar. Além de ser professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro,universidade em que me graduei, também é professora da Universidade Souza Marques e da pós-graduação em dermatologia na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro. Uma médica excepcional, uma mãe e esposa admiráveis, um ser humano fantástico. Como pode uma mesma mulher ser boa em tudo o que faz? Ela prova que isso é possível.

Professora Mônica Azulay presidindo a mesa do congresso

Professora Mônica Azulay presidindo a mesa do congresso

Pretendo terminar clínica médica e logo cursar dermatologia, apesar de ter pensado em fazer isso antes, devo a ela repensar e voltar a essa escolha.

Quando cheguei em seu consultório para ela eu era apenas a ex-aluna Catarina que sabidamente passava por uma situação difícil. Acho que ela nunca imaginou que tinha Blog, mas escrever sobre ela é uma forma de reconhecer e tornar público toda minha gratidão e admiração.

Professora, grande beijo E obrigado por tudo!!!

Não deixem de acessar meu novo vídeo, https://youtu.be/KNQXNKvEKMY .

Beijos,

C.

Adeus cadeira de rodas e muletas!!!

Olá,

Venho com muita felicidade contar as boas novas para vocês. Lembram que contei que dia 20/07/2015 teria nova consulta?! (Se não lembra é porque não leu o ultimo post rs) E é sobre isso que quero contar.

Antes da consulta

Antes da consulta

No dia 19/07 não tinha noção e dimensão do que aconteceria no dia seguinte, cansada de criar expectativas e ir quebrando a cara, decidi fazer minha parte e descansar. Nesse dia escrevi a noite um texto falando sobre o que Deus pode fazer, segue o texto abaixo:

“O que você esta vivendo não é tudo o que você pode viver ainda há muito mais para se viver” Temos que renovar nossa mente dia-a-dia para termos a confiança que Deus tem muito mais para nós… Os melhores dias da nossa vida estão apenas começando pois o mesmo Deus que já nos deu muita coisa ontem, é o mesmo Deus de hoje. Não podemos apenas lembrar do que Deus fez no passado, temos que ter a convicção que ele pode ainda muito mais no presente. “E essa é a vitória que vence o mundo, a nossa fé”. Além disso, muitas vezes nos deixamos entristecer por pessoas ou palavras e esquecemos que quem sonda, passado, presente e futuro , mentes e corações é Deus e devemos descansar na confiança que a Ele pertence o juízo, até mesmo sobre nós, sem esquecer que Ele é sobretudo um Deus de amor. “Não temas,pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome; você é meu.Quando você atravessar as águas, eu estarei com você; e, quando você atravessar os rios, eles não o encobrirão. Quando você andar através do fogo, você não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas.Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, o Santo de Israel, o seu Salvador; dou o Egito como resgate por você, a Etiópia e Sebá em troca de você.Visto que você é precioso e honrado à minha vista, e porque eu o amo, darei homens em seu lugar, e nações em troca de sua vida.Não tenha medo, pois eu estou com você, do oriente trarei seus filhos e do ocidente ajuntarei você.Direi ao norte ‘Entregue-os! ’ e ao sul ‘Não os retenha’. De longe tragam os meus filhos e dos confins da terra as minhas filhas;todo o que é chamado pelo meu nome, a quem criei para a minha glória, a quem formei e fiz”.Traga o povo que tem olhos, mas é cego, que tem ouvidos, mas é surdo.” Existem pessoas que enxergam mas são cegos espiritualmente e ouvem mas são surdos pois não conseguem ouvir o que Deus tem a dizer. Que possamos nos ver como Ele nos vê e ouvir o que diz, pois assim certamente teremos sempre bom ânimo e venceremos todas as adversidades da vida. Boa noite, ótima semana!

Na consulta do dia 20/07/2015, a minha hora chegou, fui examinada de ponta a cabeça e o Dr. José Sérgio Franco me liberou da cadeira de rodas e muleta e me fez um desafio nada fácil, tenho até o dia 02/10/2015 para recuperar minha parte muscular e melhorar a parte óssea para que ele me libere para voltar para Residência Médica. E eu como sempre, com muita fé, força de vontade pretendo voltar nele melhor ainda do que ele espera. Um aspecto muito legal é que ele não esperava que iria me liberar, achou que foi muito rápido o processo de recuperação .

Comemorando no momento que recebi a notícia. No consultório do Dr.Sérgio Franco

Comemorando no momento que recebi a notícia. No consultório do Dr.Sérgio Franco

O que tenho a dizer é que o dia 20/07/2015 foi um dia marcante para mim e certamente para quem me acompanhou até aqui. Depois de mais de um ano, estou livre das muletas e cadeira de rodas. Entro na reta final em que como mencionei precisarei reunir forças e muita fé para os momentos decisivos da corrida, o final. Precisarei de dedicação total para recuperação e reabilitação , andar com firmeza, sem apoio, voltar aos exercícios todos os dias, fortalecer a parte muscular e óssea para então ter a sonhada alta definitiva e voltar aos outros trabalhos, exercer a medicina além de ser blogueira e youtuber. Apesar dos dias que precederam a consulta terem se arrastado e terem sido realmente difíceis , pois não aguentava mais o cárcere privado, o nosso dia chegou. Estou revigora e muito animada para concluir esse desafio.

Comemorando com o marido a vitória.

Comemorando com o marido a vitória.

Vamos em frente, certos que o mesmo Deus que tem sido fiel comigo, é o Deus que tirá provisão também na vida de vocês. Deus também tem um novo começo para você , confie e não desista!

Primeiro look sem muletas

Primeiro look sem muletas

Vem grandes novidades para vocês, leitores queridos. O apoio de vocês é fundamental e por isso queria pedir para se inscreverem no meu canal do YouTube e se querem ver eu crescendo e passar meu estilo de vida e dicas de beleza e moda. https://www.youtube.com/c/CatarinaAragon . Tem um vídeo muito legal que conto tudo sobre minhas dicas de cuidados com o cabelo, https://youtu.be/K8BzDbrwSJk .Comentem nesse post os vídeos que gostariam de me assistir .

IMG_4403

Beijos,

C